transroll

Como fazer revisão na semana da prova

Uma semana de prova é complicada para qualquer aluno não é mesmo? É uma correria é uma pressão psicológica que o aluno passa. Muitos estudantes e concurseiros acreditam que fazer uma revisão é reler novamente o conteúdo, mas não é!

A revisão é baseada em ler e memorizar somente aquilo que é importante ou que será mais cobrado. Na revisão você luta contra o tempo, então você deve usar técnicas que vão te auxiliar a aprender e memorizar no menor tempo possível. Veja abaixo algumas dessas técnicas:

  • Seja seletivo: o tempo é curto então você tem que ser bem seletivo, você não precisa fazer a revisão de todo o conteúdo dado, por que senão sua revisão vai virar uma segunda leitura. Você tem que revisar aquilo que tem mais chances de cair. Mas você deve estar se perguntando…como vou saber o que é mais importante? A resposta é simples, o estudante tem que observaras anotações dadas em sala de aula e ver qual tópico tem mais anotações, isso significa que o professor deu maior foco ou ênfase naquele assunto, então ele tem altas chances de cair na prova.
  • Fazer um mapa mental: para você reduzir as informações e estudar só as ideias centrais (mais importantes) do texto é necessário que você já tenha feito o mapa mental desse conteúdo. Se não fez ele durante as aulas, tire um dia para fazer o mapa mental do conteúdo da prova e ao invés de ler toda a matéria você vai se concentrar em ler somente o mapa mental. Claro quando surgir alguma dúvida você pode recorrer ao livro para tirar aquela dúvida e não sair relendo tudo.
  • Resolver exercícios: essa é uma boa maneira de revisar o conteúdo, pegue questões de livros, de provas e tire alguns dias para resolver o maior número de questões que você conseguir.
  • Não estude pela madrugada: tem estudantes que na semana da prova começa beber Coca-Cola com café para ficar a madrugada inteira estudando. Isso é um grande erro, isso é prejudicial para o seu aprendizado e sua memorização. Estude até certo horário, pois o que fará o estudante ir bem à prova não é a quantidade de horas estudadas e sim a qualidade da hora de estudo. Um aluno que estudou 3 horas por dia com qualidade se sairá muito melhor em uma prova do que um aluno que ficou estudando até as quatros horas da manha. Tenha sempre isso em mente, qualidade na hora de estudar!

Esquema de revisão para a semana da prova

Vamos imaginar que você tem 7 dias para revisar o conteúdo para fazer uma prova, com base nas dicas que passei você vai seguir o seguinte esquema:

1º dia: você vai selecionar o que é importante e vai fazer o mapa mental do conteúdo. Clique aqui (INSERIR LINK DO ARTIGO MAPA MENTAL )e veja nosso artigo sobre como fazer mapa mental.

2º e 3º dia: estudar os mapas mentais

Uma semana de prova é complicada para qualquer aluno não é mesmo? É uma correria é uma pressão psicológica que o aluno passa. Muitos estudantes e concurseiros acreditam que fazer uma revisão é reler novamente o conteúdo, mas não é!

A revisão é baseada em ler e memorizar somente aquilo que é importante ou que será mais cobrado. Na revisão você luta contra o tempo, então você deve usar técnicas que vão te auxiliar a aprender e memorizar no menor tempo possível. Veja abaixo algumas dessas técnicas:

  • Seja seletivo: o tempo é curto então você tem que ser bem seletivo, você não precisa fazer a revisão de todo o conteúdo dado, por que senão sua revisão vai virar uma segunda leitura. Você tem que revisar aquilo que tem mais chances de cair. Mas você deve estar se perguntando…como vou saber o que é mais importante? A resposta é simples, o estudante tem que observaras anotações dadas em sala de aula e ver qual tópico tem mais anotações, isso significa que o professor deu maior foco ou ênfase naquele assunto, então ele tem altas chances de cair na prova.
  • Fazer um mapa mental: para você reduzir as informações e estudar só as ideias centrais (mais importantes) do texto é necessário que você já tenha feito o mapa mental desse conteúdo. Se não fez ele durante as aulas, tire um dia para fazer o mapa mental do conteúdo da prova e ao invés de ler toda a matéria você vai se concentrar em ler somente o mapa mental. Claro quando surgir alguma dúvida você pode recorrer ao livro para tirar aquela dúvida e não sair relendo tudo.
  • Resolver exercícios: essa é uma boa maneira de revisar o conteúdo, pegue questões de livros, de provas e tire alguns dias para resolver o maior número de questões que você conseguir.
  • Não estude pela madrugada: tem estudantes que na semana da prova começa beber Coca-Cola com café para ficar a madrugada inteira estudando. Isso é um grande erro, isso é prejudicial para o seu aprendizado e sua memorização. Estude até certo horário, pois o que fará o estudante ir bem à prova não é a quantidade de horas estudadas e sim a qualidade da hora de estudo. Um aluno que estudou 3 horas por dia com qualidade se sairá muito melhor em uma prova do que um aluno que ficou estudando até as quatros horas da manha. Tenha sempre isso em mente, qualidade na hora de estudar!

Esquema de revisão para a semana da prova

Vamos imaginar que você tem 7 dias para revisar o conteúdo para fazer uma prova, com base nas dicas que passei você vai seguir o seguinte esquema:

1º dia: você vai selecionar o que é importante e vai fazer o mapa mental do conteúdo. Clique aqui (INSERIR LINK DO ARTIGO MAPA MENTAL )e veja nosso artigo sobre como fazer mapa mental.

2º e 3º dia: estudar os mapas mentais

4º,5º e 6º dia: você vai ficar por conta de resolver o máximo de questões sobre o conteúdo estudado.

7º dia: Você vai reler novamente os mapas mentais. E depois é ter uma boa noite de sono e partir para a prova.

Se você gostou das informações compartilhadas nesse post, compartilhe agora mesmo com seus amigos. Não se esqueça de deixar seu comentário, pois ele é muito importante para sempre estarmos criando um conteúdo relevante para você!

 4º,5º e 6º dia: você vai ficar por conta de resolver o máximo de questões sobre o conteúdo estudado.

7º dia: Você vai reler novamente os mapas mentais. E depois é ter uma boa noite de sono e partir para a prova.

Se você gostou das informações compartilhadas nesse post, compartilhe agora mesmo com seus amigos. Não se esqueça de deixar seu comentário, pois ele é muito importante para sempre estarmos criando um conteúdo relevante para você!

 Dica: http://educacao.uol.com.br/

Fonte: Site de Tcc Pronto

Referência: http://www.tccpronto.com.br/como-fazer-um-tcc/

Referências oficiais: www.abnt.org.br

A importância de perdoar para ser perdoado

Forgive

O perdão é um ato que vem depois alguns outros, como: traição, injúria, fofoca, intriga, desonestidade, desrespeito e assim por diante. Não é fácil passar por situações como essas, é doloroso e podem gerar feridas eternas e por mais que tentemos não nos machucar, acabamos feridos.

Existem pessoas que não se falam por anos, tanto por falta de pedir perdão como por não recebê-lo. Famílias destruídas, amizades desfeitas, tanto caos por erros cometidos, tanta falta de amor…

Realmente algo que se fez, dificilmente poderá ser apagado, mas pode ser contornado.

Tudo flui do sentimento de humildade e consequentemente da quebra de orgulho. Um facilitar nesse processo, é olhar para dentro de nós e vermos que também já erramos muito na vida. Talvez nesse momento você esteja pensando: Sim, realmente, porém nunca fiz algo semelhante ao que fizeram comigo.

Como cristãos, nunca devemos esquecer que o Senhor Jesus, o todo poderoso, nos perdoou de todos os nossos pecados a ponto de entregar a sua vida por mim, por você e por aquela pessoa que pisou na bola com você. Se Deus o perdoou, quem é você para não perdoar?

Se dissermos que somos filhos de Deus, devemos no mínimo ser parecidos com Ele, afinal os filhos se parecem com os pais. Não há como dizer que amamos a Deus e não amamos nosso irmão. Veja o que está escrito em 1 João 4:20 e 21:

“Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu? E dele temos este mandamento: que quem ama a Deus, ame também a seu irmão.”

Deus é muito claro e incisivo com relação ao perdão e amor ao próximo, se você não aceitar essa verdade está sendo desobediente. Veja o diálogo entre Jesus e Pedro:

“Então Pedro aproximou-se de Jesus e perguntou: “Senhor, quantas vezes deverei perdoar a meu irmão quando ele pecar contra mim? Até sete vezes?” Jesus respondeu: “Eu digo a você: Não até sete, mas até setenta vezes sete.” Mateus 18:21-22

 

Em uma continha básica de matemática, setenta vezes sete é igual a quatrocentos e noventa, muito não? O bastante para entender que devemos perdoar sempre. As misericórdias do Senhor se renovam a cada manhã, recebemos o perdão de Deus e a oportunidade de recomeçar, assim como recebemos essa graça (favor imerecido de Deus) devemos fazer o mesmo.

Por mais que você busque alternativas para justificar sua razão na história não as encontrará, não precisa nem tentar, será um trabalho em vão.

Certa vez, li uma frase do pastor Claudio Duarte: “Perdoar não é esquecer, isso é amnésia. Perdoar é quando você lembra e não sente mais dor. Isso é cura!” Esse processo pode ser muito doloroso e difícil para você, mas não é impossível. Com a ajuda do Senhor, você pode tirar esse peso do seu coração e tanto ter a coragem de pedir perdão como de receber o perdão de alguém.

Quando achar que não conseguirá perdoar, olhe para a cruz, verá que tudo não passa de detalhes diante do maior ato de amor e perdão.

Que o Espírito Santo fale ao seu coração, que essas pendências sejam resolvidas e que  você prossiga em novidade de vida.

Deus te abençoe!

Um Deus todo poderoso

Deus é simplesmente todo poderoso, ou seja, Ele tem todo o poder e isso por vezes se torna difícil de compreendermos, já que somos seres limitados e Deus simplesmente ilimitado. É impossível compreender totalmente o Senhor, pois aquilo que compreendemos é uma parcela do que se é verdadeiramente.

Muitos estudiosos tentaram compreender o Senhor em sua totalidade, mas não conseguiram devido a sua grandeza e poderio, contudo podemos conhecer um pouco da sua essência, que é suficiente para nos deixar maravilhados.

Nosso Deus é único Senhor:

“A ti te foi mostrado para que soubesses que o Senhor é Deus; nenhum outro há senão ele.” Deuteronômio 4:35

“Porventura não sou eu, o Senhor? Pois não há outro Deus senão eu; Deus justo e Salvador não há além de mim.” Isaías 45:21

“Porque tu és grande e fazes maravilhas; só tu és Deus.” Salmos 86:10

Nosso Deus é onisciente:

“E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes todas as coisas estão nuas e  patentes aos olhos daquele com quem temos de tratar.” Hebreus 4:13

“Porque os seus olhos estão sobre os caminhos de cada um, e ele vê todos os seus passos. Não há trevas nem sombra de morte, onde se escondam os que praticam a iniqüidade.” Jó 34:21,22

“SENHOR, tu me sondaste, e me conheces.
Tu sabes o meu assentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento.
Cercas o meu andar, e o meu deitar; e conheces todos os meus caminhos.
Não havendo ainda palavra alguma na minha língua, eis que logo, ó Senhor, tudo conheces. Nem ainda as trevas me encobrem de ti; mas a noite resplandece como o dia; as trevas e a luz são para ti a mesma coisa;” Salmos 139:1-4 e 12

Esse conhecimento e atributo de Deus não é limitado. Seu domínio se estende do céu, terra e inferno e não se aplica somente a coisas grandes, mas também pequenos detalhes, um pequeno inseto é perceptível quanto um anjo.

Existe um provérbio que diz: Numa noite negra, sobre uma pedra negra, uma formiga preta, Deus a vê!

Podemos descansar em Deus sabendo que seus olhos estão sobre nós e isso também trás um censo de santidade, nada passa despercebido do Senhor.

 

Nosso Deus é onipotente:

Nosso Deus pode fazer tudo que lhe apraz e que não seja contrário a sua natureza,ou seja, não há limites para o seu poder.

“No princípio criou Deus o céu e a terra.” Gênesis 1:1

“Ó Senhor Deus dos Exércitos, quem é poderoso como tu, Senhor, com a tua fidelidade ao redor de ti? Tu dominas o ímpeto do mar; quando as suas ondas se levantam, tu as  fazes aquietar.Tu quebraste a Raabe como se fora ferida de morte; espalhaste os teus i inimigos com o teu braço forte. Teus são os céus, e tua é a terra; o mundo e a sua plenitude tu os fundaste. O norte e o sul tu os criaste; Tabor e Hermom jubilam em teu nome.Tu tens um braço poderoso; forte é a tua mão, e alta está a tua destra.”           Salmos 89:8-13

Quem, pois, entenderia o trovão do seu poder? Jó 26:14

Isso é assustador ao ímpio e uma fonte de conforto ao nosso coração, assim como disse o salmista: O SENHOR é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei? O SENHOR é a força da minha vida; de quem me recearei?… Ainda que um exército me cercasse, o meu coração não temeria; ainda que a guerra se levantasse contra mim, nisto confiaria.
Salmos 27:1 e 3

Podemos confiar plenamente em Deus, Ele tem o controle de tudo!

Nosso Deus é onipresente:

Nosso Deus pode estar presente em todos os lugares ao mesmo tempo. Isso mesmo, esse é o nosso Deus!!! O salmista disse: Para onde me irei do teu espírito, ou para onde fugirei da tua face? Se subir ao céu, lá tu estás; se fizer no inferno a minha cama, eis que tu ali estás também. Se tomar as asas da alva, se habitar nas extremidades do mar, Até ali a tua mão me guiará e a tua destra me susterá. Salmos 139:7-10.

Quando se sentir sozinho, lembre-se que Ele está com você!

Nosso Deus é Santo:

Outro atributo de Deus é a santidade, isso quer dizer pureza perfeita e retidão absoluta. Esta santidade em Deus significa grau absoluto de todo o princípio de excelência moral e a exclusão de todo o mal. Sendo assim, Ele só pode aprovar o que está de acordo com Sua própria retidão, como filhos de Deus devemos buscar a santidade, porque sem ela não veremos a Deus.

“…e não descansam nem de dia nem de noite, dizendo: Santo, Santo, Santo, é o Senhor Deus, o Todo-Poderoso, que era, e que é, e que há de vir.” Apocalipse 4:8

Diante de tudo que vemos, é impossível não se maravilhar com esse Deus, seguir cada dia ao Seu lado, sentindo a Sua presença e saber que um dia irá nos buscar para estarmos para sempre com Ele.

Que nossa conduta reflita pelo menos uma parte do que Ele é, afinal somos seus filhos e filhos devem no mínimo parecer com seus pais.

Fonte: Teologia – Curso a distancia

Fonte: http://www.ongrace.com/portal/

Deus te abençoe.

COMO OBTER O MÁXIMO DE CONTEÚDO EM SALA DE AULA

aula

A grande maioria dos alunos tem certa dificuldade de obter o máximo de conteúdo em sala de aula, por que muitas vezes se distraem, não tem motivação, não entendem o conteúdo.

O fato de não reter o conteúdo em sala de aula, vai prejudicar ao aprendizado dos próximos conteúdos e vai dificultar o estudo posterior para uma prova. Tem alunos que só assistem aula, sendo que na verdade eles teriam que interagir com as aulas.

Não importa se o conteúdo é chato ou difícil, você vai ter que aprender e memorizar de qualquer jeito, então o melhor que se tem a fazer é absorver o máximo de conteúdo em sala de aula, isso já vai resolver 60% dos seus problemas de aprendizado. Aqui neste post vou te dar dicas matadoras para você aplicar dentro de sala de aula e conseguir assimilar toda a disciplina dada pelo seu professor.

4 dicas matadoras de como obter o máximo de conteúdo em sala de aula

  • Eliminar a distração: as pessoas, principalmente os jovens, têm o hábito de se distrair de forma muito rápida e isso é um grande problema na hora de assistir uma aula. Neste caso você tem que eliminar qualquer foco de distração, para isso a dica que dou é sente na frente, quanto mais atrás você sentar mais focos de distração você terá e quanto mais a frente você sentar, menos foco de distração você terá. Agora para aqueles que estudam a distância, fazem EAD a grande dica é fechar todas as páginas da internet e desabilitar o Facebook, Instagram, Twitter e no telefone desativar o WhatsApp que são roubadores de tempo e atenção.
  • Anotar, anotar e anotar: se você deseja acelerar o seu processo de aprendizado, se deseja aumentar as conexões cognitivas do seu cérebro para obter o máximo de conteúdo em sala de aula a dica aqui é ANOTAR. Anote as explicações extras que o professor dá dentro de sala de aula, isso é uma poderosa estratégia para sua mente armazenar as informações. Agora preste atenção tem alunos que acreditam que gravar a aula é melhor, é bom, mas nada melhor que escrever, então se você quer gravar pode gravar, mas vai anotando tudo também.
  • Perguntar na hora: Você deve perguntar tudo o que você não entendeu, mas nunca deixe para perguntar no final da aula ou na próxima aula, o momento da pergunta é na hora que a dúvida surge. Se você quer obter o máximo de conteúdo dentro de sala, nunca vai para casa com dúvidas, pois isso só vai atrapalhar o estudo daquele conteúdo.
  • Não tenha medo de questionar: questionar é quando você não concorda com algo, ou que você tem um ponto de vista diferente. Você não é obrigado a “engolir” tudo que o professor passa para você. Portanto não tenha medo de expor seu ponto de vista, pois a partir do seu ponto de vista pode surgir uma discussão que vai fazer você nunca mais esquecer aquele conteúdo, sabe por quê? Por que você interagiu de forma pessoal com o que foi dito e explicado e aquilo que a gente interage nunca mais o cérebro esquece.

Se você gostou das informações compartilhadas nesse post, compartilhe agora mesmo com seus amigos. Não se esqueça de deixar seu comentário, pois ele é muito importante para sempre estarmos criando um conteúdo relevante para você!

Scroll To Top